domingo, 1 de fevereiro de 2015

Resenha: Belo Desastre


Olá pessoal, como vocês estão?
Hoje trago para vocês uma resenha que há muito tempo queria comentar com vocês. Mas o sistema de resenhas irá mudar, tudo bem? Vou falar muito mais sobre o livro no começo, e deixar as informações sobre o livro, lá no final. Acho que assim fica melhor, pois eu posso escrever mais.
Esse livro é daqueles que sou apaixonada. Vamos lá!

"Quando um Maddox se apaixona, é para sempre." Nunca uma frase foi tão verdadeira, nesse primeiro livro que li de Jamie McGuire conhecemos a Abby e o Travis. Uma dupla que olha tira o fôlego de qualquer um. Abby não quer ser conhecida, só quer passar o tempo que resta da faculdade no invisível, já Travis, é o bad boy que arranca os suspiros de todas as garotas da faculdade, que está cheio de tatuagem e participa de lutas para ganhar dinheiro. Tudo o que Abby não queria se envolver, mas como sua amiga é namorada do primo de Travis, ela meio que é arrastada para uma luta de Travis, e é nesse primeiro encontro dos dois que a estória começa a acontecer. Travis é o oposto de Abby em tudo, mas quando eles se aproximam há uma faísca que é quase impossível de se esquivar. 



Claro que fiquei com um pé atras quando estava naquela loucura de Travis Maddox, li Belo Desastre em 2013 e não me arrependo em nenhum segundo de ter lido esse livro. Quando você conhece um Maddox, é você que se apaixona, isso sim. Li o livro em uma virada de noite, pois eu não conseguia desgrudar do livro, eu amo livros assim, Aqueles livros que te prendem desde o começo, é raro você se decepcionar, e claro, eu não iria me decepcionar com um Maddox. Esse livro é tudo o que um adolescente passa, quando está saindo da fase adolescente e quase entrando para a fase adulto, e é por isso que gosto de livros assim, mostra uma verdade que deixa todos espantados. Tem palavrões? Claro que tem, que pessoa conhece ficar sem falar palavrão? É bem raro. Tem sexo? Tem, pois é isso que se acontece nessa fase, mesmo você querendo esconder, mas isso acotece. Tem bebidas? Tem. Ou seja, tem tudo de proibido, mas a Jamie consegue manejar muito bem essas coisas proibidas e não fazer ficar tão pesado. Já li livros que tem tudo isso, e parece um pouco forçado, mas Jamie faz com uma naturalidade, e é por isso que nos apaixonamos.

" - Se você chegar a meio metro dessa cortina, vou arrancar seus olhos quando você estiver dormindo." Abby - página; 45

Claro que Travis é o bad boy que pega todas que se jogam em cima dele, claro que ele é o caminho perdido de qualquer um, mas conhecemos um Travis apaixonado. A estória dos dois é tão envolvente que você torce, mas torce mesmo para encontrar um Maddox perdido por aí. A Abby é forte, independente, não é aquelas protagonistas idiotas, que esperam tudo acontecer com elas, ela não reclama da vida e é exatamente por isso que você se identifica com ela. A Abby me encantou desde o começo, pois consegui vê uma parte de mim nela. Tem romance dos mais viciantes que já vi. Esses dois que se amam, mas tem os seus próprios medos de embarcar nessa jornada juntos e você fica desesperado para que eles fiquem juntos logo, é nessa jornada que você entra. E você não quer sair, você quer ficar no mundo de Belo Desastre. Lembro que na época que estava lendo, fiquei tão encantada com o livro que coloquei essa simples frase no livro, e para dar um desfecho perfeito na resenha, vou colocá-lo. 

"- Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor." Travis - página: 241

"E quando alguns ficam sem entender por que gosto tanto de ler, eu mostro o por quê! Principalmente livros com esse gênero, não mostra o mundo perfeito, mostra a realidade. Que você tem seus defeitos e suas qualidades e que temos que nos conformar com isso! Que não importa se não nos demos muito bem com os pais, temos que aprender a superar! Que se encontrarmos a pessoa "errada", talvez ela seja a certa para você. Que não importa se tem a fama de mulherengo, ser um cretino nem nada disso. Se você se der a oportunidade de o conhecer mais, irá perceber que tudo é fachada, que tem um coração por trás disso tudo! Que a pessoa perfeita não existe, existe a pessoa certa para cada um de nós! É exatamente por isso que leio, para não perder as esperanças do que vemos hoje em dia. É pra nutrir um sonho, que ainda encontrarei a pessoa certa para mim, pois ela está aí fora me esperando."

Espero que vocês tenham gostado da resenha, pois vamos ver mais alguns livros dos Maddox por aqui no blog, agora que estou voltando com as resenhas, tenho muita coisa para contar esse tempo que fiquei sem postar no blog, tenho livros para apresentar para vocês, que olhem, vale a pena perder alguns minutinhos com eles, ou horas, ou dias. Enfim, espero que vocês tenham gostado e que se embarquem nesse mundo de Belo Desastre.

Nome: Belo Desastre
Autor: Jamie McGuire
Nº de páginas: 389
Editora: Verus
Classificação:




Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. 
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário