quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Resenha: Sherlock Holmes e Einstein: No caso dos Cientistas Assassinatos

Olá meus amores, como vocês estão? Espero que bem :)

Essa semana vai ser um pouco agitada, tudo bem? Minha internet voltou, eu me mudei (VIVAS) e por isso, é que tudo está uma bagunça. Imagina começar o "ano" assim? Tudo bem que estamos em Fevereiro já, mas ainda não consegui colocar minha casa em ordem #vergonha.

Maaas fora isso, hoje vim postar mais uma resenha, super atrasada tudo bem #vergonha². Mil desculpas por isso, vou tentar não demorar tanto assim para resenhar, mas não estou prometendo. Este ano quero ter muitas resenhas no blog, então vou parar de enrolar. Ah uma novidade. Acabei o Ensino Médio, já \õ/ (VIVAS)² E quem ler o post e comentar vai ganhar um kit de marcadores hein rsrs'

Por mais que eu adore Holmes, esse livro não me encantou tanto. Claro que gostei, ver o desenrolar da estória, a aventura dos dois, as atrapalhadas do Holmes, as encrencas que o Watson se mete, para ajudar o amigo, e não conseguir se afastar das tramas de investigações, eu adoro isso, confesso.

Mas senti que ficou faltando alguma coisa, na minha opinião ficou faltando a parte que te prende no livro. Quando eu pego um livro, quero que ele me faça viajar para suas páginas, que me faça ver nitidamente cada sensação, cada suspense, cada surpresa. Será que vocês estão conseguindo me entender? Foi isso que faltou neste livro, por mais que eu adore os personagens, eles não conseguiram me fazer entrar na estória.



Cientistas estão morrendo de forma misteriosa, e sendo encontrados de jeitos esquisitos. Alguém envenena a bebida de Watson, fazendo ele cometer alguns deslizes que nos fazem dar risadas. Enquanto isso Holmes acaba conhecendo um certo Einstein, com quem se junta para solucionar os terríveis assassinatos.

Não é um livro ruim, de jeito nenhum. Tem uma estória legal, e colocar o incrível gênio Einstein na estória, deu um certo encanto, faltou mesmo me telestramportar para o livro D:
Eu gostaria muito de ter adorado o livro, mas não gosto de leitura forçada, muito menos falar algo de um livro que não seja verdade, ele é legal, mas não é um dos que adorei, isso acontece!

"Quando uma mentira está próxima da verdade, mais tem chances de ser aceita; eu já ouvira muito isso."
Watson - página: 13

"A distância às vezes permite contemplar avida como um vale estreito ao pé de um desfiladeiro."
Watson - página: 140

Beijos galera!!

Um comentário: