sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Resenha: Eragon

Nome: Eragon
Autor: Christopher Paolini
Nº de paginas: 466
ISBN: 85.325.1848.6
Editora: Rocco(Jovens Leitores)
Ano: 2003
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Um menino… um dragão… um mundo de descobertas.

Quando Eragon encontra na floresta uma pedra azul polida, acredita que poderá ser uma descoberta de sorte para um simples rapaz do campo: talvez sirva para comprar a carne que alimentará a família durante o inverno. Mas no momento em que um dragão nasce de dentro da pedra, ligando-se a ele com tal força que os dois passam a ser metades um do outro, Eragon percebe que está diante de um legado quase tão antigo quanto o próprio Império.

Bom o que eu tenho para falar do livro Eragon? É aquele livro, de terras antigas, mundo antigo, elfos, magia, monstros. O que me lembra bastante de Senhor dos Anéis, a diferença, que não temos Gandalf. E sim Brom, um velho cavaleiro que perdeu o seu dragão numa batalha. E é um velho contador de histórias.

Para ser sincera, eu fui para ler esse livro, por uma amiga que ama muito. E vou dizer a verdade. Amei ele. Quando Eragon encontra nossa querida Saphira, o elo que os dois tem, é muito forte, e daí não queremos parar de ler, até que tenhamos acabado.

O velho Brom que é o cara mais foda do mundo, é ao mesmo tempo, um solitario, perdido no mundo sem o seu dragão que também se chamava Saphira. Eles lutam contra o exercito de Galbatorix, um cara muito do filho da p*, que não podia ter um dragão para ele, foi lá e roubou e criou os Renegados. Cavaleiros que trairão a propria especie. E com o passar do tempo, a era dos Cavaleiros de Dragão se caiem.

Até que um menino de 15 anos encontra uma pedra na Espinha e a magia toda começa. É isso que me chamou a atenção em Eragon. Como ele, um menino de 15 anos, vai lutar com o imperio de Galbatorix? O rei, vamos dizer assim. Mais ele não estará sozinho nessa luta, com Arya ao seu lado, a elfa que entra em seus sonhos, pois está aprizionada pelo Expectro, um feiticeiro do mal, com Brom e Saphira, Eragon é quase imbativel. Eu disse quase. Por que quase? Por causa de alguns aconteçimentos, Eragon fica sozinho com Murtagh que é filho de Morzan. E nesse meio tempo eles tentam chegar aos Varden.

Claro que ocorre uma guerra quando eles chegam aos Varden. O que são os Varden? São um grupo rebelde que luta contra a opressão e o Império do Rei Galbatorix. Então, surge toda essa trama, que no final Eragon matará o Expectro.

Para falar a verdade, o livro é emocionante, não vou dar mais detalhes, por que já dei muitos, mais realmente é perfeito e vale muito a pena perder alguns dias lendo ele.

E são quatro livros, três já são lançados aqui no Brasil, a continuação de Eragon é Eldest, depois o terceiro é Brisingr.

Então é toda essa trama, envolvente, ótima e que me deixa sem palavras. Muito recomendado.

Beijoos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário